[Já para Livraria] Lançamentos de Novembro


Hey-ah! 
Separei alguns lançamentos das editoras que me chamou a atenção para o mês de novembro. Espero que vocês gostem. 


Editora Intrínseca - Lançamentos 
Destrua este diário, de Keri Smith
Um diário costuma servir para anotar ideias, memórias ou registros do cotidiano. Keri Smith, ilustradora e artista canadense, inventou um tipo diferente de diário, que exige do usuário uma interação mais lúdica e inusitada. Com a proposta de estimular a criatividade e questionar convenções sobre a forma como lidamos com os objetos, Destrua este diário nos convida a rasgar páginas, rabiscar, pintar fora das linhas, manchar e até mesmo levar o livro para o banho. A ideia surgiu quando Keri começou a refletir sobre o começo da sua carreira como artista e percebeu que o perfeccionismo tão exaltado na nossa cultura era um grande empecilho do processo criativo. A experiência fez com que ela entendesse que é preciso esculhambar a monotonia e o lugar-comum para que o novo possa surgir.  

A queda dos cinco, de Pittacus Lore
John Smith, o Número Quatro, achou que tudo seria diferente quando os lorienos se juntassem. Eles parariam de fugir. Lutariam contra os mogadorianos. E venceriam. Mas Quatro estava errado. Depois de enfrentarem Setrákus Ra e quase serem dizimados, os membros da Garde reconhecem que estão despreparados e em minoria. Escondidos na cobertura de Nove, em Chicago, eles planejam os próximos passos.
Os seis são poderosos, porém não são fortes o suficiente para enfrentar um exército inteiro, mesmo com o retorno de um antigo aliado. Para derrotar os mogadorianos, cada um deles precisará dominar seus Legados e aprender a trabalhar em equipe. O futuro incerto faz com que eles busquem a verdade sobre os Anciões e seu plano para os nove lorienos escolhidos. A Garde pode ter perdido batalhas, mas não perderá a guerra.

Editora Record - Lançamento
O Jogo da Morte, de Ursula Pozmanski
Um misterioso jogo de computador se torna sensação entre os alunos de uma escola londrina. Mas as regras são extremamente rígidas. Cada pessoa tem apenas uma oportunidade e deve jogar sempre sozinha, não comentando com ninguém. Quem viola essas instruções ou deixa de cumprir suas missões é eliminado e não pode iniciar outro jogo. O mais estranho, no entanto, é que as missões são realizadas não no mundo virtual, e sim no real. O jogo da morte é um thriller onde ficção e realidade se confundem de forma intrigante.




Dá lista O Jogo da Morte eu conheci no último porre literário que teve fiquei super brava pois não consegui levar ele para casa. =/
Até!


2 comentários:

  1. Eu tenho o primeiro na versão em inglês, tem cada loucura hahaha recomendo!

    http://fimdofuracao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei flor, mega interessante hahaha

    Recebeu meu e-mail??

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com
    PS: te vejo lá no meu cantinho, né?

    ResponderExcluir