Resenha | A Garota das Cicatrizes de Fogo - Ricardo Ragazzo



Hey-ah! 
Aqui está a resenha do livro A Garota das Cicatrizes de Fogo do Book Tour do Ricardo Ragazzo. 

Autor: Ricardo Ragazzo.
Editora: Novo Século.
Páginas: 256.
Nota: 4.
Sinopse
Quatro anos após o desaparecimento da filha e a misteriosa morte da esposa, Johnny Falco recebe uma pista que pode ajudá-lo a desvendar o caso. Um homem aparece morto com as mesmas características inexplicáveis de sua mulher: O CORPO NÃO PASSA DE UM ESQUELETO COM PELE. Seis anos após ter 80% do seu corpo queimado em um atentado, Lisa Gomez acorda em um hospital com uma incontestável diferença: TODAS AS CICATRIZES DE SEU CORPO DESAPARECERAM! E quando o destino dos dois se cruzarem na pequena cidade de Valparaíso, ambos descobrirão que as tragédias que cercam suas vidas estão muito mais interligadas do que poderiam imaginar.




Olha se você me perguntasse do que fala livro A Garota das Cicatrizes de Fogo eu diria essa é fácil conta a história do Johnny Falco que  teve a  mulher assassinada de forma cruel e a filha desaparecida. E no meio dessa história toda temos Lisa Gomez que um dia acorda e suas cicatrizes simplesmente desapareceram. Quero deixar claro que o livro envolve de tudo, mas não deixa muito claro eu tive essa sensação com algumas falas e frases soltas do Johnny pode ser que sim pode ser que não.

Antes do Johnny conseguir a pista através do seu amigo Sal Salvatore de uma morte com características parecidas com a da sua esposa e ir para Valparaíso ele passa quatro longos anos atrás de qualquer pista que possa revelar o porque de sua esposa ser assassinada e ainda descobrir o paradeiro de sua filha que desapareceu no mesmo dia. Ao chegar na cidade ele apresenta-se como um investigador particular para não levantar suspeitas que é algo pessoal sua procura por informações da morte de Cecília Duarte. Que meio que é o ponto de ligação entre Johnny-Lisa-Daniel. Calma você não sabe quem é o Daniel(ou Alex) vamos falar um pouco dele Daniel era um mendigo que a Cecília ajudava perto do seu trabalho e ele foi a última pessoa a vê-la ou toca-la antes dela morrer de forma misteriosa. Assim que Johnny consegue essas informações ele vai atrás de Daniel para saber mais ele o mistério que envolve essa morte, infelizmente Daniel não sabe muito sobre seu passado, o que deixa Johnny bem desconfiado do garoto.

Quando eu peguei o livro fiz uma posta comigo mesma que o livro iria para algo mais ficção e que a minha curiosidade mesmo era como as cicatrizes da Lisa tinha desaparecido, não se preocupe isso é respondido no decorrer do livro. Algo que ficou suspenso no ar que eu fiquei meio brava por não ter sido respondido foi porque um cara joga gasolina e toca fogo em uma simples garotinha? A Lisa estava brincando em frente a casa dela quando um carro aproximou tacou fogo e a deixou agonizando sozinha. Oi!? Imagino que o cara era um doido maníaco com sérios problemas mentais, mas poxa. ~Desilusões a parte voltamos para a resenha. 

Enquanto escrevo essa resenha estou procurando um modo de escrever cada parte e interligar sem que fique confuso para vocês acho que estou falhando miseravelmente já que eu tenho que falar dos dois antes de chegar na parte que eles estão ligados!

A história é contada por dois pontos de vista do Johnny e da Lisa confesso que no inicio a parte Lisa era irritante, por dois motivos quando suas cicatrizes desapareceram ela só queria sair do hospital o mais rápido possível ela não queria servir de rato de laboratório para descobrir como as cicatrizes simplesmente desapareceram eu até entendo que ela não queria, mas ela praticamente disse um foda-se Doutor não quero ponto final e agora que ela podia frequentar a escola sem sofrer bullying já no primeiro momento ela meio que se torna uma metidinha irritante... (ainda bem que ela muda esse jeito). Assim que ela volta para a escola ela reencontra a Débora (ou maria tonelada) e elas recordam a antiga amizade que tinha antes do acidente. 

Depois de alguns ocorridos Lisa e Daniel ficam juntos de alguma forma eles estão destinados a isso e Johnny não confia nele, pois ele não se lembra nada sobre ele. 

Considerações finais: Para quem gosta de mistério o livro é ótimo pois temos várias reviravolta, algumas informações foram deixadas de lado, comentei isso em alguns parágrafos atrás. Tenho interesse de ler o livro 72 horas para Morrer  mistério não é muito o meu gênero mas a curiosidade ganha e novos gêneros são sempre bem vindos...   
 
Essa resenha foi escrita ao som do CD Some Nights - Fun.


0 comentários:

Deixe seu comentário