Review | O Doador de Memórias (2014)

Eu tenho uma única regra quando vou assistir filmes que são adaptação de livros ler antes de assistir, mas como dessa vez não deu eu fui assisti "O Doador de Memórias" li a sinopse básica e me surpreendi com o filme.

Diretor: Phillip Noyce Ano: 2014 (Em Cartaz) Duração: 1h37min  Nota: 5/5 

O Doador de Memórias é uma distopia baseada nos livros da autora Lois Lowry, mas antes de falar do enredo preciso dizer que o livro foi lançado a mais de 20 anos e foi o primeiro livro do gênero distopia, essa que conhecemos hoje em dia como "Jogos Vorazes" e "Divergente" muitas pessoas estão comentando que The Giver (nome do livro em inglês) é uma copias desses filmes, mas não ele não é uma cópia ele só foi finalmente adaptado por causa da popularidade do gênero no cinema. Agora que deixamos esse ponto claro você não vai cometer esse erro. 



Jonas é uma jovem que vive em uma sociedade onde não existem emoções, as pessoas não tem memórias do que aconteceu no passado, tudo é preto e branco não exite pessoas diferentes as crianças são criadas artificialmente e são designadas para uma "família".  Separadas como se fosse por fases elas vão aprendendo o necessário para servir a sociedade. A última fase deles é com 16 anos onde são encaminhados para sua profissão. Diferente de seus amigos Jonas é escolhido para ser o próximo ancião que terá acesso a todas essas memórias que foram perdidas no processo de criação da sociedade. Através de um "elo" o ancião pode passar as memórias que ele vem carregando de todos os outros anciões. O melhor é que as regras da sociedade não se aplica a eles dois. 

Você não vai encontrar luta nem muito romance durante o filme para dizer a verdade achei um pouco parado, a verdadeira essência do filme está nos detalhes dele. O começo é todo preto e branco alguns detalhes aqui outros ali você consegue ver algumas cores, ele só fica de fato colorido quando Jonas começa a receber as memórias do doador. 



Como em toda distopia, o filme vai tratar mais do papel do Estado e a sociedade não é cansativo a forma que é tratada essa parte. Não existe de fato um vilão como eu disse uma unica pessoa tem acesso as todas as memórias e conhecimentos necessários para ajudar quando uma questão está além da compreensão. 

Acho que como eu você saíra do cinema, com uma percepção maior do que é emoção e sentimento. Na sociedade criada não se pode mentir, tudo é muito automatizo e é obrigatório se desculpar tornando engraçado e diferente. Se uma pessoa diz uma palavra que resume um sentimento e ela deve reformular a frase como se você abrisse um dicionario e procurasse a definição desse sentimento, o que ocorre algumas vezes durante o filme com a mãe de Jonas(Katie Holmes) e ele.   



Você achou mesmo que eu não ia comentar da Taylor Swift no filme?
Achei a atuação dela boa, comparada com o filme Idas e Vindas do Amor. No filme temos vários atores de peso como Merly Streep que é a anciã com carinha de vilã. Impressionante foi a minha cara quando descobri que o ator Brenton Thwaites que interpreta o personagem principal Jonas tem 25 anos! Oi!? Melhor que isso é atriz Odeya Rush que faz meio que um par romântico com Jonas e é a cara da Mila Kunis. 

Bom eu adorei o filme o final deixou aquela pergunta: "Sera que tem mais?" eu já te respondo o livro é uma série de 4 livros, infelizmente só foi lançado o primeiro por aqui e não temos noticia de quando irá lançar os demais. 


8 comentários:

  1. Estou louca para assistir esse filme, mais infelizmente na onde moro não tem cinema, pelo que você falou parece ser bom, vi algumas pessoas na duvida a respeito desse filme, primeiro reviw que vejo dele.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Vale a pena assistir sim... mas recomendo tentar ler o livro né... :D

    ResponderExcluir
  3. Oi Rayane, tudo be,?
    Eu estou louca para fazer a leitura do livro que deu origem a esse filme, pois algumas pessoas que leram estão falando maravilhas sobre ele, então tô bem curiosa.
    Achei interessante o início do filme ser em preto e branco.
    Apesar da curiosidade de ver o filme, vou me segurar e tentar ler o livro primeiro...

    Beijão:*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  4. Ray tava sumida né? quero muito ler o livro inclusive já comprei! Mas quero concluir a leitura antes de ver o filme. Vi o trailer e amei, bem a vibe que eu curto! Vi os posts sobre a Bienal e amei as fotos...OMG daria tudo pelo autografo da Kiera, e ir ao evento da Cassandrinha, ano que vem quero ir seja no RIO ou SP ^^ me aguarde!

    Beijos Joi Cardoso

    http://www.estantediagonal.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Esse filme parece mesmo ser muito bacana, eu só estou esperando o livro chegar para eu ler e poder ver o filme sem medo! Adorei o post <3.


    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Rayane! Tudo bem?

    Adorei o seu ponto de vista sobre o filme! Infelizmente eu fiquei um pouco decepcionada com os acontecimentos finais, mas achei um "ok" no seu conjunto. A parte mais interessante pra mim foi a abordagem sobre essa nova forma de organização da sociedade! Sempre gosto desses aspectos nas distopias!
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Eu comprei em Inglês para ler comecei ontem acho... --"
    Parece ser legal apesar de andar com o Dicionary do lado... :P

    ResponderExcluir
  8. Que bom que você gostou!
    Eu comecei a ler o livro e estou adorando!
    :)

    ResponderExcluir