Intercâmbio | O temido visto de entrada


O visto é um documento que te dá permissão para entrar no território de um determinado país e além disso diz por quanto tempo e o que você pode ou não fazer no país. Alguns países exigem o visto e outros não, por isso na hora de escolher o país que você vai visitar é bom saber em qual situação ele se encaixa.
Existem vários tipos de visto, por exemplo: turismo (para quem vai fazer viagem a lazer), trânsito (para quem vai fazer uma conexão em um país), negócios (para quem vai a um país a negócios) e estudante (para quem vai estudar no país). 
Geralmente quando se faz um intercâmbio é necessário tirar o visto de estudante, mas caso vá ficar por pouco tempo pode-se tirar um visto de turismo.

Como tirar o visto

Alguns países exigem que o visto seja solicitado antes de chegar no país, mas em outros o visto é dado quando se entra no mesmo, por isso mais uma vez fique atento a esse fato.

*Em países em que o visto é dado da imigração do país, você vai até a cabine do agente consular e vai responder perguntas do tipo: o que você foi fazer, onde vai ficar, por quanto tempo entre outras, e se for o caso pedir alguns documentos que comprovem o que você está falando.Se o agente for com a sua cara, vulgo ficar convencido do que você disse, ele vai carimbar seu passaporte e te dar boas vindas. 

*Em países em que o visto é solicitado antes, recomendo que você vá no site de imigração para ver como é o processo, pois cada lugar tem uma lista própria de documentos exigidos. Alguns países requerem que você façam uma entrevista no consulado, outros pedem apenas os documentos.
Uma coisa é importante lembrar, mesmo que você consiga o visto isso não é garantia de que você irá entrar no país, pois quando você chegar lá de qualquer jeito vai ter passar pela imigração e enfrentar mais algumas perguntas.

Visto Negado

Caso você tenha o visto negado o importante é não perder a calma (eu sei que isso é quase impossivel pois você juntou dinheiro, pagou passagem, hotel etc) e procurar refletir o que causou a negativa. Mesmo tendo o visto o negado você pode fazer uma nova solicitação, mas tenha em mente que ela deve ter algo de diferente em relação a sua solicitação anterior, pois todos os dados que você apresentou ficam registrado no sistema do consulado do país.

Espero que esse post tenha ajudado vocês e como sempre qualquer dúvida é só deixar nos comentários.

Resenha | Olhar de Viajante - Erica Azevedo

Olhar de Viajante é aquele tipico livro para ler em um dia, quando peguei o livro para ler eu me apaixonei. Ok, eu sou suspeita para falar dos livros da Erica Azevedo, mas você tem que ler. 
Autora: Erica Azevedo
Ano:2014
Páginas: 168
Editora: Independente  
Nota:


O livro conta a história da Lily que saiu do Brasil para fugir de um fim de namoro conturbado e da mãe que vivia brigando com ela, para passar alguns meses na Espanha em um intercâmbio. Ao chegar ela faz amizade com outras brasileiras que estudam na mesma universidade que ela e Lily acaba conhecendo Erik em uma viagem a Paris, um alemão fofo que também estuda na mesma universidade. Durante o livro você acaba conhecendo mais a Lily e os amigos dela assim como Erik. 

Gosto da forma que eles se conhecem e começam a se relacionar não é rápido, mas na hora certa. Mesmo que o livro seja curtinho com 155 páginas contando o final alternativo. 

O livro é curto como eu disse, então contar muito é o mesmo que acabar estragando a sua experiência com o livro. A narrativa do livro é rápida, os personagens são bem inseridos e curiosidade alguns deles são baseados em algumas pessoas que a Erica conheceu. 

Além de todo o clima de romance o que me deixou ligada no livro são as paisagens. A Erica, autora do livro passou um ano na Espanha então algumas descrições é fiel ao lugar, menos a cidade onde é a universidade que se passa o livro. 

Outra coisa que adorei no livro é os quotes que tem no início de cada capítulo. 

"Da noite para o dia o sonho se tornou realidade. Um oceano para cruzar, um castelo para desbravar e um ano de fantasias reais para vivenciar. Do dia para á noite tudo era saudade. E infinitas histórias para contar..." - Thuany Lima

Olhar de Viajante é um conto, uma história curta de um romance rápido que pode ou não dar certo, mas eu quero que você ao ler veja pelas entrelinhas. Os pensamentos da Lily são bem profundos, ela teve uma ótima oportunidade de fugir dos problemas se aventurar em um país desconhecido e viver aventuras e um romance. 


Exposição| Os "Vingadores: A Era de Ultron" na Iron Studios

Provavelmente quando você ler esse artigo, a exposição que a Iron Studios Concept Store montou na loja deles sobre o Vingadores : A Era de Ultron já vai ter acabado, mas calma acredito que essas exposições que já são bem comuns nos Estados Unidos por exemplo comecem a pipocar por aqui e você provavelmente terá a oportunidade de poder ir também.

A Iron Studios é uma empresa que produz diversas actions figures para quem não sabe o que é: são figuras colecionáveis  tipo bonecos (doi meu coração falar bonecos), quando vocês verem as fotos vai ficar mais claro a diferença. E aproveitando a estreia de Vingadores: A Era de Ultron eles trouxeram vários itens do filme, como o martelo do Thor o Mjölnir, Escudo do Capitão América e referências ao Hulk, Gavião Arqueiro e o Visão.

A dinamica da exposição era otima porque além dos próprios itens, a loja já é uma exposição com vários actions figures espalhados é de encher os olhos e vontade de deixar todos a sua grana lá. Eu tirei muita foto mesmo, e confesso que eu fiquei com uma preguiça de ter que arrumar todas.

Algumas fotos infelizmente ficaram com reflexo, por causa do vidro e da luz dento para deixar a action figure mais bonita. =(


Essa tinha que ser a última pra deixar claro se que esse troço pesa muito! 

Eu tirei muita foto e acho que vou subir todas para uma pasta no Flickr para quem quiser ver. Se você mora em São Paulo e que visitar a loja você entrar no site deles para pegar o endereço. Garanto para você que todos os atendentes são super legais! 

Bom é isso deixe aí nos comentários se você também foi na exposição ou se sentiu vontade de comprar tudo. 

Resenha | A Joia - Amy Ewing


A Joia
A Cidade Solitária
Autora: Amy Ewing
Ano: 353
Editora: LeYa
Violet tem 17 anos e mora em um internato desde dos 12 anos quando foi tirada de sua família por ter algo que a realeza não tem: genes capazes de gerar bebês perfeitos. O livro inicia nos últimos dias de Violet no internato, onde ela passou os últimos anos aprendendo a dominar o seus presságios além de ser uma ótima substituta para a Joia.

Essas substitutas depois de passarem anos aprendendo sobre os presságios também passam por um teste para saber qual será o seu lote, os lotes vão até 200 quanto mais alto o número do lote maior o seu domino sobre o presságio, além de serem mais caras. Então Violet ou melhor lote 197 parte do Pântano a cidade mais pobre da Cidade Solitária para a Joia.


Uma explicação rápida sobre como funciona: A Cidade Solitária é dividida em cinco círculos:

A Joia - Realeza  
O Banco - Comerciantes
A Fumaça - Fabricas
A Fazenda - Agricultura
O Pantano - Não possuí nenhuma atividade, é a parte mais pobre da cidade. 

Ao chegar no leilão Violet, é comprada pela Duquesa do Lago umas das famílias fundadoras e mais ricas da cidade. Assim que ela chega na casa ela percebe que sua vida não ia melhorar como achou, a Duquesa é uma verdadeira megera e vai fazer da vida dela um inferno.


O mundo que a Amy criou não é diferente do que vemos nos outros livros distópicos, a diferença está na crueldade colocada ali, pois as substitutas são tratadas como objetos de procriação somente isso. Isso gera muitas dúvidas para a personagem Violet, o que acontece com as mães depois de ter os bebês? Para onde elas vão?

A parte romântica do livro ficou muito acelerada, achei que poderia ter sido diferente mais devagar. Confesso que estava mais interessada em saber como a Raven, amiga da Violet do internato que também tinha sido vendida para umas das duquesas fundadores estava que para o romance todo.

Raven e Violet são melhores amigas do internato e quando vão para a Joia acabam se separando,  por sorte as famílias fundadoras tem tanta briga e falsidade que elas acabam se encontrando em jantares.

Quando comecei a ler A Joia eu tinha certeza que tinha vários elementos de outras distopias, por sorte o livro dá uma guinada lá na página 67 e aparece as diferenças que torna o livro único.

Comentário breve sobre o final, sabe quando você está com um livro as páginas estão acabado e parece que o livro vai terminar sem nada espetacular? Isso não acontece com esse livro.

Essa foi a resenha do livro A Joia da autora Amy Ewing, espero que tenham gostado!
Não se esqueçam de deixar o seu comentário me falando o que achou!


Voltamos | Layout novo e outras novidades

Sim, voltamos depois de longos meses agora de cara nova e bem mais apaixonante, porque é isso que eu sinto quando olho esse layout, finalmente me encho que vontade de escrever nele e acho que vocês vão gostar também. 

layout por Karoline 


Acho que não preciso incluir o pedido de desculpas por ter sumido já que isso envolve coisas bem pessoal, além de parar de escrever meu ritmo de leitura caiu muito. :(

Agora vamos para as novidades! 

O layout novo foi obra da incrível Karoline do In Love Design que fez todo o desenvolvimento, não preciso acrescentar que ela capitou tudo o que eu queria das cores ao menu com ícones que fica bem mais fácil de ver tudo que gostamos de falar por aqui. 

Entrando no assunto de novos conteúdos, agora temos mais temas fixos por aqui. Como DIY, comportamento e tecnologia!!! 

Animados? 

Eu estou muito, então bem vindos a Setembro e a nova fase do site auniversitaria.com

Aproveitem e sigam as redes sociais: 




E as redes sociais da Thaty e minha você pode conferir no nosso perfil aqui no blog!