Review | A 5º Onda (2016)

E lá vamos nos em mais uma adaptação literária para o cinema, eu sempre tento ler o livro antes de assistir. Dessa vez, infelizmente não foi possível terminar de ler antes de ir ao cinema então eu não vou ficar fazendo comparações entre os dois. Ok?

A 5ª Onda
Ano: 2016
Gênero: Ação - Ficção
Nota:

O filme conta a história da Cassie Sullivan que está no ensino médio e só queria que seu crush Ben Parish a notasse, até que inexplicáveis ataques alienígenas começa acontecer por toda a Terra.  Esses ataques são separados por ondas primeiro a falta de qualquer tipo de energia elétrica, segundo terremotos, terceiro vírus mortal e por último eles se disfarçam de seres humanos para causar conflitos. 

Em nenhum momento você vai ver algum tipo de contato dos seres humanos com os chamados "Os Outros" durante o filme, isso fica bem oculto, pois após a terceira onda a única coisa que se tem certeza é que o objetivo deles é eliminar os humanos da forma mais rápida possível. 

Eu achei bacana a forma que foi mostrados os acontecimentos, pois durante a primeira parte é ela narrando como aconteceu cada Onda e passou cerca de 3 á 4 meses, e nesse processo Cassie já perdeu a mãe para a terceira onda, o pai e agora está em busca do irmão Sammy, que foi levado pela base militar e o objetivo passa a ser resgata-lo.

Fonte: Google
Por ironia do destino ou não Sammy acaba indo parar na mesma base que o Ben, apelidado gentilmente de zumbi quando chega. Nessa hora o filme é visto por dois ângulos, um lado a Cassie tentando chegar até a base e que no caminho acaba sofrendo um ataque e tendo ajuda do misterioso Evan que a proposito é o centro de toda parte romântica do filme que eu não gostei e achei forçado. E do outro lado o Ben tentando fazer com que crianças aprendam a atirar e a lutar, isso incluí o pequeno Sammy. 

Fonte: Google
Ainda temos mais dois filmes para consertar quaisquer problemas que houve no primeiro filme, por exemplo a forma como tudo estava muito fácil no final ou como a 5º Onda foi descoberta tão rapidamente pelos próprios personagens. 

Fonte: Google


Eu espero que quando eu vir aqui fazer a resenha do primeiro livro da trilogia eu tenha dado uma nota bem maior que quatro estrelas. 

0 comentários:

Deixe seu comentário