Resenha | Cidade dos Etéreos - Ransom Riggs

Autor: Ransom Riggs
Ano: 2016
Páginas: 384
Editora: Intrínseca
Nota
Depois de 2 anos esperando por esse livro, tenho que dizer que dei pulos de alegria quando vi que finalmente poderia ler a continuação de "O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares" e descobrir se o grupo de peculiares iria conseguir salvar a Srta. Peregrine.

O livro começa exatamente do ponto onde o primeiro parou, com Jacob e as outras crianças fugindo da ilha onde viviam e com pensamento fixo em salvar a Srta. Peregrine que está presa sob a forma de ave. Após fugir de vários perigos e descobrir que praticamente todas as Ymbrynes (Protetoras dos peculiares) foram capturadas pelos acólitos, os peculiares descobrem que a unica chance de salvar sua Tutora está em Londres, cidade que além dos etéreos é assombrada pela guerra. Além disso Jacob tem que tomar uma grande decisão: ficar no passado com Emma ou voltar para seus pais nos dias de hoje.

Por terem saído de sua ilha e se aventurarem pelo mundo afora, novos peculiares são apresentados ao leitor, como o cachorro Addison e a jumirafa Deirdre. Temos também um melhor desenvolvimento dos personagens e vamos descobrindo quando eles entenderam que eram peculiares, quando encontraram a Srta. Peregrine e entendendo melhor como funcionam os seus poderes. Pra mim os melhores personagens nesse quesito foram o Jacob e o Millard.

Pra mim esse livro foi melhor que o primeiro, pois a escrita do Ransom Riggs ficou muito melhor, me deixando muito mais envolvida com a história a ponto de ficar no famoso "só mais um capítulo" e ficar desejando "library of souls" pra ontem. Sem contar que as fotos estão cada vez melhores em complementar a trama além de estarem bem mais "peculiares" (Nunca vou superar a foto do palhaço).

Além de uma ótima história, "Cidade dos Etéreos", tem uma edição de encher os olhos. Em capa dura e jacket toda cheia de detalhes e com um ótimo acabamento, só tenho que parabenizar a Intrínseca pelo excelente trabalho. O único problema é que como o livro pertencia a Leya as capas e tamanhos não equivalem deixando louco o meu TOC com livros.

Então aproveite que esse ano o filme do primeiro livro será lançando nos cinemas com direção de Tim Burton e entre de cabeça nesse mundo peculiar.

Terei pesadelos com essa foto pra sempre

0 comentários:

Deixe seu comentário