The Wicked : O Musical

Mês passado fui assistir finalmente à peça "The Wicked" e já tinha um tempo que eu nutria a vontade de assistir à peça lá em New York  e quando saiu a notícia que o brasil iria ganhar uma adaptação eu fiquei extremamente feliz e cheia de vontade de assistir.

Para quem não sabe muito da história desse musical, The Wicked ficou muito popular na Broadway e falando um pouco em números ela já foi assistida por mais 48 milhões de pessoas no mundo, foi adaptada para mais de 5 idiomas e já passou por EUA, Canadá, Reino Unido, Irlanda, Japão, Alemanha, Holanda, Austrália, Nova Zelândia, Singapura, Coréia do Sul, Filipinas, México e agora pela primeira vez na América latina. 



The Wicked vai contar a história antes da chegada da Dorothy e como Elphaba e Glinda se conheceram e como ela se tornou "A Bruxa Malvada do Oeste". 

A peça é dividida em três atos, sendo o primeiro como elas se conheceram lá na faculdade, Elphaba é extremamente inteligente, incompreendida e que não leva desaforo para casa. Glinda é totalmente o oposto e digo com certeza que ela é um projeto de patricinha, muito ambiciosa e popular. Assim que elas chegam na faculdade tem o primeiro confronto, pois Elphaba quer ficar com a irmã para cuidar dela e contragosto é colocada no mesmo quarto que o da Glinda.



Por ser um musical - obviamente. Tudo vira música e se você não está costumado com isso claro que vai se impressionar facilmente com a habilidade de uma cena simples virar algo maior quando elas começam a cantar.

Como eu não quero estragar muito a experiência de vocês contando toda a história ou fazendo AQUELE resumo, mas saibam que o primeiro ato é como ambas se tornam amigas e como as aventuras delas (nos demais atos) faz com que Elphaba ganhe um título de má que não é tão justo assim.



Vamos falar da grandiosidade do espetáculo?

Confesso que não conhecia a metade do elenco da adaptação - tirando o Jonatas Faro. Eles deram um show e  gente vocês não têm ideia como um palco que parecia pequeno se transformava a todo momento: Sala de aula, pátio, baile, quarto, casa do mágico, celeiro e entre outros.



Teve uma cena que me deixou de queixo caído que foi quando todo o palco se encheu de luzes verdes em todos os lugares e é tão lindo e incrível. Eu sei, que pareço uma boba falando mais gente foi incrível. Melhor experiência ever. 

Para finalizar sabiam que The Wicked é uma adaptação de um livro do autor Gregory Maguire? Pois é, foi lançado em 1995 e a peça em 2003. A versão brasileira do livro foi lançada pela Leya


Como eu não tenho como comparar essa adaptação com as outras não tenho como dizer se ficou bom ou ruim a versão das músicas ou do texto em si. Mas, se você assistiu alguns filmes dublados ultimamente vai perceber que seguindo a tendencia a peça está cheia de gírias e memes brasileiro e eu ameiiii isso, amei as músicas, o elenco ...tudo!

A peça está em cartaz até o final de dezembro no teatro Renault os ingressos você pode conferir aqui nesse link. Achei os preços bem justos e não recomendo pegar os lugares na frente, pois você fica bem de cara para o palco e acaba perdendo alguns detalhes ou tendo que virar o rosto para acompanhar tudo o que acontece no palco. 

Dica: Procure no Flickr o álbum do teatro que você vai conseguir ter uma noção dos lugares antes de comprar. 

A nota da adaptação é a maior possível e se quiserem me levar para assistir de novo estou aceitando. < 3 

2 comentários:

  1. Oi Ray! Acompanhei as fotos de vários amigos que foram pra SP e aproveitaram para ver a peça, sinceramente não é uma história que me atraia, mas a beleza é inegável, espero poder conhecer um dia ^^

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vá sim! É uma ótima peça..mesmo que lendo a sinopse não te atraia aposto que quando for vai adorar e sair encantada! <3

      Beijos!
      Anne

      Excluir