Resenha | Temporada de Acidentes - Moïra Fowley-Doyle

Ano: 2016
Páginas: 256
Editora: Intrínseca
Compre

Chegamos ao fim de Setembro e por mais que o Halloween não seja uma data comemorada oficialmente no Brasil, sempre vejo que em Outubro as pessoas começam a montar TBRs temáticas de terror/suspense. Esse ano achei legal recomendar um livro para todos que assim como eu, não conseguem ler nada de terror (sim, sou medrosa), mas ainda assim querem ler algo que contenha uma aura de mistério, vai adorar descobrir sobre a temporada de acidentes que acomete a família de Cara ano após ano.


Toda vez em Outubro tudo se repete, Cara e sua família envolvem todos os móveis da casa em plástico bolha, escondem objetos afiados, deixam de usar o fogão, estocam itens de primeiros socorros e utilizam 3 ou mais camadas de roupas, afinal a temporada de acidentes começou e imprevisível como só ela é, pode te deixar tanto com apenas algumas cicatrizes, como também pode também te deixar sem uma perna ou sem a sua vida.


O pai e o tio de Cara morreram durante uma das temporadas de acidentes, então sua família  é composta pela mãe (Melanie), pela irmã (Alice) e pelo irmão de criação delas, filho do ex-marido de Melanie (Sam). Durante a temporada cada membro da família lida com ela de um jeito: Alice não acredita na temporada, embora sempre seja afetada, Cara é sempre é cuidadosa, Sam que não era afetado, mas começou a ser recentemente e por fim Melanie é a que sofre mais durante a temporada, não fisicamente mais emocionalmente.


Esse ano a temporada vai ser diferente, ela promete ser umas das piores que a família já enfrentou e tudo começa quando Cara percebe e começa a investigar o porquê de uma antiga amiga estar em todas as suas fotos, tipo TODAS mesmo, uma mecha de cabelo, um tornozelo, um braço, Elsie parece não perder uma oportunidade, porém o mais estranho é que apenas Cara, seus irmãos e sua melhor amiga Bea parecem se lembrar de que Elsie existe.



A leitura desse livro foi uma surpresa muito agradável pra mim, pois essa história é muito mais do que aparenta ser e eu que comecei a lê-la para saber mais sobre essa estranha temporada de acidentes, acabei maravilhada por uma história cheia de camadas, sendo uma mistura de sobrenatural, suspense e drama familiar. 


Cara é uma garota que vê o mundo com outros olhos e em sua versão de mundo seus familiares e amigos são sereias, fantasmas e fadas, e justamente por possuir esse olhar mais sensível ela é capaz de atravessar a fachada que as pessoas projetam sobre si e poder vê-las por quem realmente são e quando olhamos o íntimo de cada personagens vemos o quanto amaldiçoados eles são, mas não por maldições do tipo que são lançadas por uma bruxa(o), mas sim por verdades escondidas e pequenas omissões que juntas corroem o interior deixando o indivíduo miserável. 


O modo com o qual a autora usou os elementos mágicos para nos mostrar mais sobre as pessoas, sobre como os traumas do passado as impactam e como a mente é capaz de criar mecanismos de defesa para que possamos viver a vida foi tão bem feito, que até eu que não sou muito fã de realismo mágico, me vi ávida para descobrir como a história iria se desenrolar e como tudo aquilo se conectaria com o mundo real.


Toda essa aura mágica faz aparecer que estamos dentro de um sonho, daquele tipo onde o sentimento de alerta está sempre no alto e que sentimos que a qualquer momento coisas terríveis irão acontecer e não podemos fazer nada a não ser esperar e torcer para que nada aconteça. Apesar dessa tensão a leitura é bem fluida e se você não tomar cuidado vai ter lido o livro todo em um só dia.


Embora seja um livro pequeno, Temporada de Acidentes entrega uma história bem completa e bem escrita. A atmosfera alarmista e melancólica forma o cenário perfeito para o leitor entenda as mágoas e incertezas que rondam a família de Cara e ao final entender que todo o segredo é apenas um acidente esperando para acontecer.


 

PS. Só depois que já tinha lido esse livro, vi que ele é indicado para quem gostou de mentirosos, livro esse que foi um dos meus favoritos em 2015, então meio que já tava na cara que eu gostar dele ^^

0 comentários:

Deixe seu comentário